Como evitar quedas em casa? Veja formas de prevenir o problema!

Quem possui dificuldade de mobilidade ou mora com pessoas de idade sabe os perigos ocultos dentro de casa, que podem propiciar a queda. 25% dos idosos que fraturam o fêmur morrem menos de um ano depois, por isso é tão necessário adaptar os ambientes, veja como evitar quedas em casa.

O professor Marco Antonio Castro, da faculdade FCMMG (Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais) alega que muitos pacientes sofrem fraturas em casa, mais especificamente no caminho entre o banheiro e o quarto, no período noturno.

“Caem ao perder o equilíbrio, por estarem de meia, que escorrega no piso por causa de tapetes que deslizam e por ausência de “vaga-lume”, a lâmpada junto ao rodapé, que ilumina o piso junto à cama.”

Como evitar quedas em casa?

30% a 60% da população com mais de 65 anos cai em casa a cada ano e 40% a 60% levam a algum tipo de lesão. De acordo com o INTO (Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia), alguns fatores influenciam a queda, por isso é importante ficar atento a eles, sendo:

  • problema de visão;
  • doenças que prejudicam o caminhar;
  • baixa iluminação;
  • áreas escorregadias;
  • falta de sinalização;
  • camas, cadeiras e assentos baixos, com falta de apoio para levantar ou sentar;
  • falta de barras de apoio no banheiro;
  • obstáculos, como móveis espalhados pela casa;
  • andador ou bengala danificados.

Baseado nessas informações, foram definidas algumas iniciativas que podem evitar quedas em casa, veja abaixo algumas delas.

1. No toalete

  • Colocar barras de segurança ao longo do banheiro e no chuveiro, para que a pessoa possa se apoiar;
  • utilizar tapetes resistentes de borracha;
  • usar cadeira de plástico de boa qualidade para tomar banho.

2. No quarto

  • Arrumar a altura da cama, e trocar o colchão por um mais firme se necessário, evitando a dificuldade de deitar-se ou levantar-se;
  • manter o ambiente com boa iluminação, principalmente na parte noturna, podendo até mesmo usar sinalização em neon (como aquelas que encontramos de extintor de incêndio), para poder guiar-se;
  • usar sapatos de solado baixo e que não escorreguem;
  • evitar o uso de armários muito elevados que precisam de apoio para alcançar as coisas.

3. Na sala

  • Utilizar tapetes emborrachados, para não escorregar;
  • deixar o ambiente livre para circular;
  • ter atenção nos animais domésticos, para não tropeçar;
  • remover fios ou extensões elétricas do caminho onde se anda;
  • sentar-se em cadeiras e sofás mais altos, além de utilizar poltronas com braço;
  • evitar as escadas que: não possuem corrimão, são em caracol ou têm degraus estreitos;
  • usar fitas antiderrapantes em degraus.

Como evitar quedas na rua?

A rua também é um ambiente propício para quedas, por isso alguns passos também são necessários, principalmente nestas calçadas esburacadas e vias mal estruturadas. É importante sempre: se atentar quando estiver em locais desconhecidos ou mal iluminados, atravessar a rua sempre na faixa de pedestres e prestar atenção no farol, olhar para as calçadas, analisar a guia quando for subir ou descer na calçada.

Os obstáculos são grandes e muitas vezes os idosos se distraem, podendo entrar em situações graves, como no caso do sr. Pedro Ferreira França, de 81 anos, que caiu numa cisterna e passou 1 semana lá, até conseguir ajuda:

“Tive que esperar por muitas noites alguém aparecer, passei muito frio e fome, já que a cisterna estava vazia e nem água eu tinha para beber.”

Lembre-se, se houverem obstáculos em casa, sempre preste atenção ao caminhar, o risco de fraturas e até mesmo de morte são altos.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *